Prefeito João Francisco convida moradores do Conjunto Mutirão a realizarem recadastramento visando emissão das escrituras de seus imóveis

O Prefeito Constitucional do município de Areia, empresário João Francisco Batista de Albuquerque, participou do Programa Jornal da 105,3 da Rádio Pop FM de Areia, e solicitou aos moradores do Bairro Cidade Universitária, mais precisamente do Conjunto Mutirão, para que recebam as técnicas da Secretária de Assistência Social do município, que estão realizando o levantamento das unidades habitacionais existentes no referido bairro e que não apresentam as suas respectivas escrituras.

Boa parte dos terrenos em que foram construídas as casas no Conjunto Mutirão pertence à Companhia Estadual de Habitação da Paraíba (CEHAP), órgão pertencente ao Governo do Estado da Paraíba. Devido aos moradores não terem o documento de posse dos respectivos terrenos em que foram edificadas as suas residências, o cartório de imóveis fica impedido de emitir as escrituras dos terrenos, que seria o documento definitivo de posse.

Durante muitos anos os moradores do Conjunto Mutirão convivem com essa expectativa de que esses documentos sejam emitidos, diversos cadastramentos já foram realizados, resultando sempre em frustração para os moradores.
Durante a entrevista, o Prefeito João Francisco afirmou contar com a parceria do Governo do Estado, da CEHAP, do Tribunal de Justiça da Paraíba e do Cartório de Imóveis do município. O gestor lembrou que os moradores do Conjunto Padre Maia, no Bairro da Jussara, também não tinham o documento de posse de suas residências e que graças à parceria com todos os órgãos citados e sem custo nenhum para as famílias, foi possível realizar a entrega das escrituras aos proprietários das respectivas residências daquele conjunto.

O Prefeito informou ainda que outras 73 famílias do Conjunto do Fogo, no Bairro Pedro Perazzo, também serão beneficiadas com a entrega de suas respectivas escrituras, aguardando apenas a confecção dos documentos por parte do Cartório e a confirmação da data para que o Presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba possa participar também da entrega desses documentos, assim como aconteceu com as famílias do Conjunto Padre Maia.

No Conjunto Mutirão a expectativa é que cerca de 400 famílias sejam beneficiadas, mas para que isso seja possível, se faz necessário que as famílias atualizem seus cadastros na Secretaria Municipal de Assistência Social.

O gestor também falou sobre a situação da área urbana do Distrito da Usina Santa Maria, que hoje pertence ao INCRA. Segundo ele, assim com vem tentando resolver a questão referente ao Conjunto do Fogo e ao Conjunto Mutirão, esta correndo atrás também para resolver a situação do Distrito da Usina Santa Maria.

Assessoria PMA

COMPARTILHAR