Agentes de Endemias realizam atividade de combate ao mosquito transmissor da Leishmaniose

Agentes Comunitário de Endemias (ACEs) da Secretaria Municipal de Saúde de Areia, em ação no combate a Leishmaniose, realizaram esta semana, investigação entomológica do Flebótomo, mosquito transmissor das Leishmaniose Visceral e Tegumentar nas regiões da Usina Santa Maria, mais precisamente “Manga do Frade” e “Manga”.

De acordo com os agentes, o mosquito tem hábitos crepusculares ou noturnos, podendo picar o homem tanto no interior do domicílio como fora dele. Manter a higiene é a única medida para se proteger do mosquito transmissor, manter os quintais limpos, evitar ambiente úmido, sem folhas, usar roupas que cobrem o corpo, repelente e proteção das residencias com telas. Além disso, dedetizar toda a área (paredes internas e externas) ao menos duas vezes por ano.

A pesquisa realizada esta semana, conforme dados da vigilância, não resultou em nenhuma captura, o que não descarta a possibilidade de infestação, considerando que o habitat natural do mosquito são as floreta, mas a pesquisa tende a se estender a outras áreas da região.

Fonte: Secretaria de Saúde de Areia

COMPARTILHAR